A minha vontade
É de falar palavras
De amor
Com tal bonita
Sinceridade
Para embelezar
As linhas do caderno
Ou o romance
Dos casais da cidade

Contudo sinto
(e me digam se minto)
O mundo ao redor
Tão sujo, tão cruel
Num alto grau de horror
Incomparável terror

Das calçadas aos jornais
Dos shoppings aos bordéis
Preferem tiros à flores
O gosto amargo de destruir
Ao gosto infantil dos doces

Vejo, volto e revejo
Que mesmo as coisas
Mais simples
Mas de infinito valor
Da borboleta repleta
De cor
Passando pelas
Meninas faceiras
E suas pernas ligeiras
Não me deixam
Confortáveis, à vontade
Na medida adequada
De escrever o que
Gostaria de verdade

Eu tenho a paixão
Eu tenho o carinho
Eu tenho o bem
Os sentimentos
Todos assim
Todos em mim
Para mim

Sou um homem tranqüilo
Um tanto esquisito
Mas…
Mas nas palavras
Não sei
Não acho
Não se fazem
Presentes
Me parece
Que a tragédia
Um tanto mais
Sincera

Sentimentos internos
Dignos, verdadeiros
A influência pesada faz
Ficarem adormecidos
Permanecem dormentes
Um tanto ausentes
Uma pena

É triste
Queria não usar
A caneta e o papel
Para desabafar
Feiuras impuras
Palavras putas
Injúrias

O mundo precisa
De mais, demais
Palavras de ardor
Precisa de palavras
Autenticas, precisas
Tocando corações
De uma maneira correta

Queria fazer uma história
Em que o cidadão termine bem
Sem um enfisema no pulmão
Ou um escândalo de corrupção

Não sei se a culpa
É minha
Ou dos homens
Lá de fora
Que preferem
Rios de tragédias
Pensando que serão
Futuras epopéias
A serem contadas
Com orgulho
Orgulho tolo
Só se for

É angustiante
O sorriso não se faz
O carinho não se faz
A paz
Nas palavras
Não se faz
Tormento

É mau, é surreal
Quantos só querem o
Boom das bombas
Inconformado fico
É triste saber
Isso me deixa
Impossibilitado declamar
O amor que na vida
Vivo a receber.

Sei que não
Deveria lamentar
Que as palavras
Não deveriam
Ter este fim
Contudo
Não sabem o quanto
É triste
O amante chega com flores
O cantor com seus clamores
A mulher emanando amores
E este quase poeta
Vive a escrever seus temores
É triste.

.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s