Um último toque de bola.

Não sei se consigo escrever aqui de novo.

Ainda tenho ideias (na verdade nem tenho, apenas alguns lampejos), contudo este blog ficou carregado, pesado pra mim. Olho para ele e vejo como um diário – que coisa de moça – onde escrevi como via a vida durante tal período. Sinto que este blog serviu como relato das coisas que não andavam pelo caminho correto. Usei-o como uma forma de desabafo, de tirar das minhas costas o peso por tanta coisa que acontecia, sendo elas boas ou ruins. Apesar de ter um nome cômico, ele carrega consigo o karma – alguns acreditam, outros não – de acontecimentos que me marcaram, como vocês podem ter lido aqui. Não significa que vou fechá-lo, apenas creio que vou mudar de lugar, começar numa casa nova, provavelmente em 2012. Quero escrever coisas novas, sei que ainda posso. Sinto que mudanças virão, 2011 foi um ano levemente conturbado para mim, mesmo com uma porção de coisas boas, ficou marcado como um ano, sabe, “estragado”. Bom, o blog continua aberto, podem visitá-lo, lê-lo, enfim, mas não sei se voltarei a postar aqui.

E se voltar, provavelmente vai ser em algum jogo beneficente.

Quando eu escrevo pequenos post parece trovoadas anunciando a chuva que esta por vir. Ou o foguetório anunciando que a polícia tá subindo e o bicho vai pegar.

(Me achei agora o furacão Katrina e a Tropa de Elite.)