Uma caneca azul, pequena, com uma alça confortável, que alguém muito bem o calor, de fácil limpeza, com uma medida de quantidade proporcional ao satisfatório, levando o emblema da faculdade, em cores, estampando o brasão e o nome desta, era o que havia sobre sua vista. Poderia ainda descrever ainda mais sobre tal coisa, tal objeto, mas viu que isto bastava.

Enquanto isso esperava o jogo começar. Seu time ia ganhando de um a zero jogando em casa contra um rival histórico, que na primeira vez em que se enfrentaram, goleou meu time por 7 x 0. Isso lá em 1914. Se em 1914 aconteceu isso e os caras em 2018 recordam ainda, imagina o que aconteceu hoje e os caras vão lembrar em 3044? Esse foi nosso 7 x 0, o do time do Brasil foi em 2014, 7 x 1 contra a Alemanha. Imagina quando Brasil e Alemanha se enfrentarem em 4890?

Ontem aconteceu um sarau, que promovi com um amigo, na Escadaria do Rosário, onde dá acesso para a Igreja de Nossa Senhora do Rosário e São Sebastião dos Homens Negros, em Florianópolis. Foi ontem de tarde.

Apita o árbitro, segundo tempo, 1 a 0.